Não me chame pra passear…

…porque o custo x benefício não valerá a pena, pra nós duas.

– Minha bexiga sempre foi workaholic, a vida inteira. Nada complicado, nada sério… mas nunca recebeu por isso. Tadinha. Ou tenho quatro rins, vai saber?

– Acredito que o sonho dos meus pais era me casar com um filho de um grande empresário do ramo de papel higiênico, porque coooomo eu gastei papel higiênico nessa vida. Pai, mãe, se a economia de vocês aumentou foi por causa da minha ausência. Beijos.

– Aqui na Alemanha não é diferente mas ninguém controla meu uso de papel e encontrando rolos com até CINCO camadas de papel (estou no paraíso), nem dá pra perceber a quantidade gasta.

– Agora pegamos a bexiga em fúria e colocamos um feto saltitante em cima dela, 24 horas por dia. E ao andar, ambos entram em atrito e triplica a vontade de tirar a água do joelho. Essa vontade hercúlea na teoria não passa de 10ml na prática.  A cada meia hora.

– Banheiros públicos (inclusive de shopping) aqui são pagos. Alguns custam de 30 a 50 centavos e outros você doa o quanto quiser.

– Me chame para um passeio ao ar livre e eu gastarei mais dinheiro e tempo em banheiro do que na sua companhia.

– Me chame para sua casa, onde ficarei sentada o tempo todo e ninguém sairá ferido perdendo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Brunices. Bookmark o link permanente.

18 respostas para Não me chame pra passear…

  1. Coca. disse:

    Declaro como verdadeiro o comentário sobre o papel higiênico…levamos 2 meses para gastar a quantidade comprada para uma semana, depois que a “bexiga em fúria” foi embora….

  2. Lilian disse:

    Hehe, e viva os rolos de papel de 5 folhas!

  3. Eve disse:

    Mas, eu sou teimosa e chamo assim mesmo. :)

  4. Ingrid disse:

    Oi Bruna
    Nunca escrevi nada aqui mas há algum tempo venho acompanhando seu blog e adorando, me divirto e tiro muitas dúvidas com suas postagens. Tava pensando exatamente entre Inglaterra e Alemanha para fazer meu doutorado e suas postagens sobre o way of life alemão me fizeram refletir bastante, não sei se conseguiria viver num país onde as pessoas são tão frias e é tão difícil fazer amigos.
    Infelizmente sua bexiga pelo jeito não vai te dar paz rss espero que vc seja convidada para muitas tardes agradáveis com suas amigas pq é a maneira mais segura e econômica de passarem um tempo agradável.
    Lendo esse post lembrei que quando estive na Alemanha acho que nunca fui tanto ao banheiro na minha vida, algo no clima europeu descompensa minha hidráulica rss.
    bjs

  5. Bah disse:

    Auhauahau eu tb tenho o mesmo problema… deveria ter me casado com o rei do papel higiênico pq eu gasto pra caramba..

    KisU!

  6. Mari disse:

    eu tb sou assim… quer ver entao se eu sei que vou ter que ficar umas horinhas sem poder ir (mesmo que nao precise). daí vem o desespero! haha
    Beijos!

  7. julianunes disse:

    Hahahahahahahahahahaha ainda bem que eu não sou a única usuária compulsiva de papel higiênico hahahahaha

  8. Nadz disse:

    Nossa, era como se eu estivesse lendo sobre mim mesma!!! Minha bexiga se identificou MUITO!!!!!

  9. O ser humano é realmente tão diferente!!! Eu passo o dia inteiro indo ao banheiro somente em horários reguladinhos, e quando estou na rua (viagens, passeio), banheiro só na pausa para almoço/jantar ou museu.
    Questão de hábito? Costume? Não sei, mas tudo isso é sem se segurar, para mim é natural e tanto melhor, pois ir tanto ao banheiro não encaixaria no meu modo de vida!

  10. Oi Bruna, tudo bem? Achei o seu blog no grupo brasileiros na Alemanha. :) Bacana seu blog, já estou seguindo, aproveite e faz uma visita no meu também! :)abraços

  11. bebis.ray disse:

    Hahahahhaa,,, que loucura! Eu tenho uma amiga que é assim!
    Apesar de não ir tanto ao banheiro assim, eu gasto pra caramba tbm. Namorido reclamaa! Haha

  12. gabrielagrossi disse:

    Oi Bruna! Cadê você, boneca? Tudo com vocês? Some não…

  13. Aline Souza disse:

    Aparece Bru! :)

  14. nicole disse:

    Bru, voltaaa!! Vem contar como é ser mãe!!
    Beidjo!

  15. lana disse:

    Brunaa, por favor não nos deixe assim! heheh conta pra nós como está ser mãe do baby alemon e coloca uma fotinho! :D

  16. Aline Souza disse:

    voltaaaaaaaaaaa!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s