O que eu mudaria? #1

Brasil x Inglaterra x Alemanha

Porque todos os lugares do mundo têm seus prós e contras. E eles são infinitos.

No Brasil:

– Troco de bala: se o comércio não se habilita a agilizar troco, que pare com a porcaria de preços quebrados.

– A liberdade de estacionar em qualquer direção em qualquer lado da rua. Aqui em UK é assim (não sei se é a lei, mas todos assim fazem). É que eu faço baliza muito bem só pro lado direito…

Na Inglaterra:

– Essa mania das pessoas se chamarem por apelidos profissionalmente. Ex: Atenciosamente, Ollie (Oliver), Kate (Catherine), Pat (Patricia? Patrick?), Nick (Nickolas?  Nicola?), Sam (Samantha? Samuel?). Muito téte-a-téte de desconhecidos. Imagina. “Obrigada pela oportunidade. Agradeço seu retorno sobre a reunião de hoje. Att, Bru”

– Tem alguém ‘plantado’ bem no meio do corredor no mercado, inviabilizando o caminho de outros clientes. Você tenta passar pela pessoa que está plantada e para isso você “se desculpa” (que serve como ‘com licença’) e a pessoa também. Nós nos desculpamos. Vós desculpeis e eles se desculpam. E assim funciona o país. Pode até soar ótimo, mas a pessoa que empacou no meio do corredor nunca vai aprender a não fazer isso novamente. Ninguém aprende.

Na Alemanha:

os alemães Essa mania de chamar todo mundo pelo sobrenome, principalmente seu vizinho (que você só sabe o sobrenome devido às campainhas nomeadas). Muita formalidade. Um abraço que é bom, nem pensar.

os alemães Quando você comete um erro passando pelo caixa do mercado (a promoção era 3 por 1 e você só pegou 2 / você leva tempo para empacotar suas próprias compras atrasando a fila / esqueceu um ítem e corre pra pegar), não só o atendende do caixa te olha with lasers matadores assim como as pessoas da fila. Amor no coração, gente. É gratuito.

Anúncios
Esse post foi publicado em Alemanha X Inglaterra. Bookmark o link permanente.

25 respostas para O que eu mudaria? #1

  1. Gisley Scott disse:

    Brasil, o que eu mudaria:

    essa mania terrível de cortar a fila e ninguém diz nada pq isso é coisa de gente encrenqueiro

    Festa com som alto até as 3 da manhã.Se é tão importante algo desse tipo, acho que a pessoa pode se programar para ser em um lugar que não há muitas residências ao redor.

    indiferença contra impunidade.

    EUA, o que eu mudaria:

    essa coisa de estar busy all the time just for the heck of it

    a velocidade do processo de imigração para quem está fazendo as coisas do jeito certo

    indiferença com a dor/necessidade do outro

  2. Laura Marangoni disse:

    Se eu for escrever os contras da Argentina, vixxxxx……… haha Mas eu amo aqui mesmo assim <3

  3. Lilian disse:

    Hehehe, só dá a gente dizendo “desculpe” no Brasil qdo volta… A cara de “hã” das pessoas é impagável…

  4. Manu Maia disse:

    Ai Bruna, esse negócio do povo de empaca bem no meio do corredor do supermercado já me deu um mega prejuízo!
    Quando eu ainda tava na Holanda, um fdp empacou no meio do corredor com o carrinho, eu pedi licença e o desgramado nada, aí tentei passar na marra, e o doido “deu ré” com o carrinho, que passou bem em cima do meu dedão! Pensa numa dor… o cara pediu desculpa, e eu fiz a lady (nem sei pq). Quando cheguei em casa e tirei a sapatilha, menina, meu dedão tava só o farelo. Inflamou, infeccionou, fiz dois pequenos interventos e a infecção voltava, até quando conseguir fazer uma terceira pequena cirurgia, e consegui reconstituir a unha, e cicatrizar sem perigo de uma nova inflamação.

    Quase 6 meses nessa luta do dedão!!!!

  5. Vc foi bem boazinha com alemaes..rs a regra aqui eh inversa a ter amor no coracao… Ja vi garcom mandando o cliente escolher logo, caixa pedindo pra pessoa sair da fila, vendedora pedindo pro cliente esperar pq ela tava no celular…rs aqui o cliente eh um pequeno detalhe…rs

  6. na alemanha: os alemães… kkkkk

    mas olha, eu até já me acostumei aos olhares with laser, e sinceramente até acho que os caixas de supermercado brasileiro deveriam receber treinamento no lidl, viu? pq lerdeza…

  7. Karine disse:

    As vezes me irrita um pouco essa tal “educação mecânica” do britânico. “Sorry” e “Please” são utilizados tão automaticamente que, as vezes, eu acho que perdem o sentido (se é que vcs me entendem!). Não importa o quão simpático e suave é o tom do seu ‘yes’ ou ‘no’, se não vierem seguidos de um ‘please’ ou ‘thanks’, respectivamente, parece que não valem muito.
    Não sei mudaria isso por aqui, afinal, bem ou mal, acaba funcionando, mas levei um tempo para me acostumar que as tais palavrinhas mágicas são obrigatórias por aqui! :)

    • brunahagemann disse:

      Boa! Viu, acabei de chegar do mercado. Eu ainda não me acostumei (e não me acostumarei nunca) com caixa puxando papo.
      Não, eu não tenho absolutamente nada contra conversar com caixa, mas tem uns TÃO automáticos/falsos felizes que dá uma preguiiiiiiça de responder… sem contar que é com todo cliente: “Oh hello, how is your day going? Is everything allright? :D”
      Se eu respondesse de verdade, ela se arrependeria de ter perguntado hahahaha
      ——–> uma vez o cara do delivery perguntou, eu respondi a verdade e ele ficou boladão. Vou escrever algum dia sobre isso hahah o/

      • Karine disse:

        Realmente! E eu que já fui caixa em um ‘salad bar’ sei bem a pressão que recebemos para sermos “simpáticos”. Lembro que um dia, o gerente estava discretamente observando minha performance e sussurrou pro trás do cliente: “How are you?”. Obviamente, ele estava sugerindo que eu perguntasse para o cliente, mas a espertona aqui achou que era de fato comigo e sussurrei de volta: “I’m fine” (OOoooh vergonha que passei!!) kkkkkk
        Anyways… era muito fake até porque, pra piorar, ainda tínhamos que ser rápidos!! “Good morning! How are you today? Neeeeeeext!!” :)

      • Paula disse:

        Reparei q garçom/garçonete nos States é a mesma “simpatia” forçada e fake. Posso imaginar a cena do delivery e vc dizendo a real. Escreve aí, queremos rir dessa tb! bjs

  8. Liza disse:

    Aqui eu mudaria:
    – pub que fecha as 23:30 e buachti que fecha a 1am ou as 3am. Tem que ser sen hora pra acabar!! E o mesmo eu diria pro metro.

    – vale o tempo?

  9. sparc86 disse:

    Acrescenta aí na Inglaterra: Leite em caixa de plástico. PQP, quando vou beber leite aqui sempre sou obrigado a ficar com gosto de plástico na boca. Quem será que foi o IMBECIL que inventou de fazer leite em garrafa de plástico?

  10. mariannapsi disse:

    Eu faria em mix:

    Comprometimento dos Alemães + Bom-humor dos Brasileiros = Perfekt Welt :-)

    LG aus Allgau,
    Marianna
    https://www.facebook.com/marianna.pereiraalvesvukitsevits

  11. Jairo Master disse:

    alemanha é minha cara mesmo. kkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s