A obra de arte

Já peguei o gato da vizinha há meses atrás se acocorando pra cagar no meu quintal de trás. Na primeira forçada abdominal dele, abri a porta da varanda e dei um susto no infeliz (não me entendam mal, eu adoro bichos. Só alguns donos que não). Mês passado, percebi um pequeno buraco no quintal. Nada incomodante, o quintal tá uma zona mesmo (ó a minha cara de quem limpa o quintal no inverno). Só não sabia que gatos cavavam como cachorros.

O jardim de frente desta vizinha não têm portão. É a calçada e direto a grama da casa dela, pois ela estaciona o carro no jardim. Logo quando me mudei, vi um bostão de cachorro (ou de hipopótamo, pelo tamanho) na frente da casa dela. Não era no jardim, era na calçada. Já que para estacionar no jardim ela tem que passar pela calçada, ela ‘atropelou’ a bosta. Dias depois choveu horrores e assim a bosta de desfêz, para a alegria dos transeuntes.

Semana passada eu fui a premiada. Belo dia tinha um bostão bem similar ao citado acima na calçada em frente à minha casa. Eu tenho portão, portanto realmente não foi dentro da minha propriedade. A bosta está quase na frente do portão de entrada da minha casa. Quase. Mas está em frente ao meu terreno. É, a bosta ali está há mais de 7 dias. E choveu, e nevou… e a bosta está ali. Não fede, deve ter virado cristal. Diminuiu de tamanho consideravelmente. Mas está ali.

Fui recolher a lata de lixo hoje pela manhã e encontrei um saquinho plástico vazio na frente da minha porta. Na porta. Aí já é mais do que dentro da minha propriedade. Mas também eu tinha recebido uma correspondência (pra moradora anterior), então pode ter sido alguém que colocou a carta na minha porta e deixou algum saco plástico cair.

Ou alguém fez o favor de colocar um saco plástico como aviso pra eu tirar bosta alheia que nem na minha propriedade está?

Já verifiquei no site da prefeitura, eles multam o dono do cachorro e limpam. Mas eu lá vou saber quem é o dono, se nem o cachorro sei? No site também não cita nada sobre estas situações, se somos responsáveis pela calçada. No começo do outono tinha funcionários da prefeitura cortando a estreita faixa grama que tem na calçada. O que me faz pensar que eu não sou responsável por esses 3x1m de concreto e grama. Em fóruns na internet com este tipo de discussão bostícea, todo mundo geralmente sabe quem é o cachorro e seu dono.

Eu não tenho como enfiar um carro no meu jardim pra atropelar a bosta.

Também não vou recolher a bosta e não adianta insistir. Ficaria putíssima da vida se fosse em meu jardim. Mas não está na minha propriedade, só fui sorteada geograficamente em frente à esta calçada. Não encontrei regras ou leis à respeito disso. Mas sei que existem lixeiros específicos pra jogar saquinho com cocô de cachorro e eu nunca vi/prestei atenção em um.

Eu, com toda calma e paciência que carrego, dedici por enquanto deixar a obra de arte se deteriorar com o tempo. Afinal, o inverno tá aê, tá fazendo 1 grau lá fora e a neve mais forte jajá chega.

Eu não tenho problema nenhum em juntar uma lata ou garrafa na rua e jogar no lixo. Eu, como pedestre, já recolhi até calota do meio da rua para a segurança dos carros.

Já bosta… nop, tks.

Eu ainda não sei se me sinto uma boa ou má pessoa agindo assim.

Anúncios
Esse post foi publicado em Coisas da Inglaterra. Bookmark o link permanente.

26 respostas para A obra de arte

  1. Gisley Scott disse:

    Menina, por aqui tem desses causos.Eu já vi dono deixando o cachorro fazer o totô na grama do vizinho na maior.Tem outros que põe no saquinho mas jogam na grama onde o cachorro fez a obra.Eu sei que parece maldade mas não saio p/ passear com meu cachorro até ele fazer no nosso quintal.Eu acho um desaforo gente que sem maior peso na consciência deixa o pet fazer o serviço ali.

    Uma vez peguei uma mocinha fazendo isso.Aí ela foi lá e juntou a bag da merdinha do pet.Depois disso ela nunca fez de novo.Hahaha!
    Bjos

    • brunahagemann disse:

      Tem gente que até bota câmera de segurança escondido pra ver quem é o meliante!! Até encontrei um aparelho que solta ondas sonoras que só os cachorros ouvem, pra botar no jardim. E os cachorros não param pois é irritante hahaha :P
      Mas com uma cagadinha só não vale a pena. Se houver uma segunda….. pensarei no caso!

  2. Rebeca disse:

    Oi Bruna! Acho q esse é meu primeiro comentário aqui, mas já dei umas risadas lendo o teu blog! :)

    Olha, eu AMO animais! Eu tenho um cachorrinho q é meu xodó, eu recolho o cocô dele sem problema algum, mas n recolho de NENHUM outro cachorro! Deus me livre! hehe
    Acho q recolher o cocô do cachorro da gente é o bastante, né?
    Esse povo que passeia com seus cachorros em parques e na rua e não recolhem nada, são, no mínimo, sujos e desrespeitosos. Tomara que tu descubra quem foi e dê um jeito nisso, mas o problema menor é o cocô. O real problema é o dono do bicho!

    Boa sorte! ;)

    Rebeca
    xoxo

    • brunahagemann disse:

      Ô querida, obrigada pelo seu comentário :)
      Pois na rua da frente tem uma plaquinha que diz que o dono que não recolher a parada, pode pagar até 1000 pounds! Que inferno, vontade de fazer DNA da bosta e da cachorrada do bairo hahaha
      Beijos e volte sempre!

  3. Young Beverly disse:

    Hey xuxu – eu sigo a seguinte regra: se me incomoda então dou um jeito – ou limpando ou colocando armadilha (hehehe). O meu Hern iria para a armadilha…

  4. Elda disse:

    Oi Bruna, faz tempo que não deixo meu cometário aqui, mas acompanho teu blog e dou boas risadas, ;-))…Essa da bosta foi excelente..hahaha !!!

    Beijos de Berlin,
    :-) Tua seguidora !
    Elda.

  5. Liza disse:

    Eu acho isso u ó. Tive cachorro aqui e sempre saia com os saquinhos (que cheiravam a menta pra disfarçar o cheiro de merd*). Em Londres é mais dificil encontrar coco pela rua pq o povo põe o bocão no trambone, mas aqui em Leeds ja vi uns muitos inclusive ontem pisei em um sem ver e sujei a casa inteira….

    • brunahagemann disse:

      Puuuuuuutz
      Já pisei em bosta de cachorro na Alemanha, joguei a bota fora ewww
      A bosta estava numa calçada sem nenhuma casa por perto, em frente à um terreno vazio. Agora, se alguém pisar na bosta aqui da frente vai me denunciar? Será? Não sei como funciona lei pra isso aqui em UK :/

  6. Adriana Costa disse:

    Bruuu que engraçado, to rindo muito!!!
    Concorco que vc nao deva recolher, acho que o sentimento seria o mesmo de limpar a bunda do vizinho, só que em outras proporções!!
    Beijos e boa sorte =)

    • brunahagemann disse:

      Oi Adri :) Bom te ver por aqui!
      Olha, você falou tudo: “é como limpar a bunda do vizinho, só que em outras proporções”
      exatamente! E se eu soubesse qual vizinho era, eu pegaria a bosta e esfregaria na bunda dele! :D

    • brunahagemann disse:

      Na rua da frente aqui de casa (e em várias ruas, é comum), tem uma placa dessa aí ainda dizendo da multa de 1000 libras que o dono pode pagar. Todo mundo sabe que é proibido, é lei. O dono que fez isso só pode ser um troll, porque até eu que sou imigrante tô ligada! Meu sonho é que esse dono pise nesta merda :B

  7. Pêtra disse:

    Oi Bruna!!
    Quanto tempo não comento aqui :/
    Muita sacanagem mesmo essa bosta aí, mas o mais interessante saber que gatos cavam buracos, aqui em casa temos 3 gatos e grama e elas nunca cavaram buracos não! Esse gato aí tá com alma de cachorro, exorciza ele, hehehe…..
    Beijo!!

  8. esse causo lembra uma musiquinha infantil: “um dia, noite de lua, abri a porta e fui cagar na rua… blá blá blá… a bosta endureceu, passou um carro estourou o pneu… blá blá blá”

  9. zoovox disse:

    Nossa Bruna aqui onde eu moro pelos menos nos parques e arredores proximo a lixeira tem uma parte que já fica com os saquinhos pro dono pegar e nao precisar trazer de casa mas que é uma situacao chata a beca é ter que ficar limpando cacá dos cachorros alheios.

  10. Camila disse:

    Eu não tenho animais porque não tenho tempo para cuidar, levar para passear, odeio recolher bosta de cachorro e afins… (Fora que quando fica doente é uma encrenca).
    Se tem coisa que me irrita é ver merda de cachorro na rua e calçada, principalmente na minha calçada, ou de gato no jardim e quintal…

  11. Luana Bacci disse:

    Eu sou completamente retardada e toda vez que apareceu a palavra “bostao” no seu texto eu gargalhei. Meu marido fala que eu tenho algum problema com “coco”, porque eu sempre dou gargalhada quando ouco/leio/falo algum dos sinonimos de “bosta”. Como eu disse, eu sou retardada.

    Bosta virando cristal? HAHAHAHAHA

    E eu tambem pensaria que o tal saco plastico foi indiretinha.

    • brunahagemann disse:

      Maaaaaano, nevou aqui ontem, não sei mais qual o right spot do bostão. Se não virar cristal, vai derreter junto com a neve mais pra frente (assim rezamos) hahaha meu sonho é ver o dono do cachorro pise bem em cima da merda/neve, viva Murphy ;)

  12. Manu disse:

    Bruna, adoro o seu blog. Te acompanhei quando estava na Alemanha, e agora na Inglaterra. Estava lendo a sua saga com o bostão intruso e ri muito!!!! Mas a neve pode ser um tiro pela culatra. Já pensou se o gelo congelar a bosta? Vai ficar igual aqueles animais pré-históricos congelados de desenhos animados, que são encontrados depois de anos. Estou torcendo por você, coleguinha.
    Beijos!!

    • brunahagemann disse:

      Eeee!! Obrigada pela visita e pelo coment :)
      Nem te conto, guria! Não é que o cocôzão foi atropelado? Acho que alguém subiu na calçada com o carro (pra desviar de algum carro estacionado OU pra matar a bosta mesmo)?! Tá aquele SPLASH de merda agora hahahahah agora é rezar pra chover horrores :P

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s