Entre paredes

Depois que li o post da Ingrid fiquei com vontade de falar sobre as paredes alemãs.

Não que eu seja expert ou interessada em paredes, nunca construí uma e tals. Mas que há diferença entre paredes desse mundão, há.

Na Irlanda entrei no mundo do dry wall (a famosa parede de gesso… ou carinhosamente chamada de casa de papel), onde as paredes externas da casa tinham largura de um tijolo (e aparentemente feitas de tijolo) e as paredes dos cômodos eram duas folhas (já vi casos de serem uma simples folha) de dry wall recheadas de nada:

Deixando claro que eu não frequentei todas as casas da Irlanda né, devem haver exceções

Eu já conhecia o dry wall no Brasil, no mesmo esquema da Irlanda, mas com recheio entre as folhas de dry wall (isopor, acho).

Os alemães são bons de engenharia, o que não é novidade. Aqui já estive em casas modernas, de 5 anos de idade e casas antigas, com mais de 50 anos. As casas mais novas são todas trabalhadas no dry wall no interior (com “recheio”) e uma ou duas camadas “de largura” de tijolos normais nas paredes externas. Essas casas mais novas têm aquecimento elétrico power, tanto nas paredes quanto no chão. Portanto, não precisa de muito isolamento térmico.

Aqui onde moro (meu prédio foi construído nos anos 80) segue o modelo “antigo”: aquecedores a gás, paredes externas gordonas e paredes interiores de largura “normal” (1 tijolo de largura). Não é fácil encontrar informações de como são feitas as paredes quando não se tem um engenheiro por perto, nem um dicionário técnico. Mas pelo que entendi, tanto as paredes grossas quanto as normais eram feitas assim: moldavam as paredes com duas “telas” de aço e nos lados externos com isopor. Entre essas duas telas de aço são preenchidas com concretão (Beton). Quando maior a distância entre as telas de aço, mais grossa a parede, obviamente.

Parede interior: um tijolo de largura

Parede externa: 4 tijolos de largura

Essas paredes grossas mantém a temperatura quentinha da casa no inverno E fresquinha no verão. Com o passar dos anos aprendemos a não abrir as janelas de jeito nenhum quando tá calor. Que se exploda o ar fresco que tem que entrar na casa. Se você abre as janelas num dia quente a casa vira um forno, parece que o ar entra mas não sai.

Quando digo “com o passar dos anos aprendemos” na verdade é mintzira, porque você é brasileira e não desiste nunca. Você vai abrir as janelas todo santo verão e vai se arrepender dias depois. Tipo a Eve que sofreu em 2010 e em 2011 :P

Entre os apartamentos do meu prédio, temos as paredes grossonas. O que eu acho ótimo. Por isso quando eu ouço o vizinho espirrar, quer dizer que o negócio tá feio.

A casa dos meus pais no Brasil foi construída por descendentes alemães, por isso tem umas paredes monstras. Mas vai dizer, um paredão de concreto puro no verão de Joinville, funciona? Sim, só que ao contrário.

E você? Onde você mora e como são feitas as paredes da sua casa? Elas “funcionam”?

Anúncios
Esse post foi publicado em Coisas da Alemanha. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Entre paredes

  1. vmsporn disse:

    eu nao sei como sao feitas, mas que elas funcionam ôh se funcionam e como uma brasileira teimosa vou continuar a abrir as janelas no verao, nao aguento, meu lado tapado nao entende de jeito nenhum :)

  2. Ingrid Souza disse:

    Olha, no Brasil varonil o apto da minha mãe é foda, vc escuta tudo oque deve e oque não deve, várias situações embaraçosas hahahhaha, aqui a gente escuta tudo oque rola dentro de casa, mas até agora só ouvi o vizinho de baixo porque o nego deve ser surdo e ouve som no talo, fora isso, tudo vai bem.
    As paredes externas são grossonas, as de dentro não são de gesso, mas são duas placas de concreto OCAS e por isso vira essa merda, eu peguei a planta esses dias e vi, servicinho de merda viu!

    Veremos como será no calor, oque eu fazia na outra casa era abrir as janelas mas fechar as cortinas e olha, funcionava, lá a casa era boa, tinha 45 anos e era de concretão de primeira…. =)

    Beijoconas

  3. Eve disse:

    Tipo, eu sou loira? hahahahahaha
    Nao, brasileira mesmo.

    Bjs!

  4. Simone disse:

    Brunitz o meu ap foi construido depois da segunda guerra (la vem historia), mas olha foi bem construido, ja que cairam umas bombas la do lado de casa e eu acho que se fosse hoje em dia ele aguentava intacto! As paredes de fora sao bem grossas e colocando pregos nas de dentro elas sao grossas tambem, Gracas as minhas janelas lindaaaaaaaaas eh bem fresquinho no verao e eu tenho arvorezinhas em frente, entao fazem sobra. No inverno e quentinho tambem, ou seja eu sou feliz da vida com o meu ap.

    La no Brasa, papai construiu tudo, entao foi tudo feito de primeira, fritar no verao e inevitavel, e passar frio no inverno tambem.

    beijos

  5. catbamboo disse:

    aqui na rua os predios sao todos velhos com parece bem grossa, pe direito mega alto, tiros na fachada e janelas duplas caqueticas. a entrada do predio eh tosca, mas aqui em casa eh renovado e tem janelas novas. ufa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s