Ai, se eu…

Sabe aquele ditado ‘mente vazia, oficina do diabo’? Então, dias atrás eu estava de folga e acabei assistindo sem querer o videoclipe do Michel Teló. Em TV aberta. Aí já não é oficina, é indústria né.

O videoclipe dele aqui é de um show. “Ao vivo”. Não sei se é o mesmo worldwide, mas o que eu vi foi uma filmagem simples. Galërinha enfiada num galpão dançando espremidos e cantando a canção como se não houvesse amanhã. E claro, com aquela super produção de coral de segunda voz acompanhando o background.

Apesar de muitas traduções feitas mundo afora, ao assistir o videoclipe, não se tem idéia mesmo do que se trata.

Quer saber? Achei de boa. Nada a reclamar (só da música em si). A letra que remete à pootaria não se espelha no videoclipe.

Sobre a coreografia: toda vez que o Michel começa a dançar, corta-se a imagem dele logo no começo do passinho. Ao mostrar a patota moída e infurnada no ambiente, vê-se meninas bonitinhas, aparentemente com menos de 20 anos. E só 2% da galerinha é do sexo masculino. Os heterosexuais não estão cantando, nem dançando, apenas apreciando a mucuva de bundinhas alheias.

Já as meninas fazem aqueles passinhos de não-sei-que-ritmo-é-esse, clássico em qualquer balada, por pessoas que ficam na periferia da pista (o/). Elas tentam fazer a coreografia obcena, mas o lugar tá tão cheio que só se vê os bracinhos meio levantados, grudados ao corpo por falta de espaço e testas brilhantes trabalhadas no sebo suor. Parece um canavial cheio de cana-de-açúcar no meio de um vendaval.

Tudo muito bem, tudo muito normal.

Eu não vou ficar reclamando deste moço para todo o sempre, porque aqui fora essa foi uma das imagens mais “okays” que já vi do Brasil.

Não tem bundas, não tem peitos nem ninguém se encoxando à la funk. Não tem descendo até o chão nem popozudas. Não tem plumas nem fantasia de carnaval. Não tem embaixadinhas nem biquínes.

Maldita mesmo é a letra. Do diabo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Aleatórios. Bookmark o link permanente.

34 respostas para Ai, se eu…

  1. Concordo. De pouca qualidade mas inofensivo, né? Deixa o menino pegar quem ele quiser….
    xxx

  2. Ingrid disse:

    Eu tinha reparado o quanto de mulher tem o clipe e todaslinda neah. Pra mostrar que o braza é terra de muié bonita, percebeu a propaganda?? kkkk
    E aí, me fala, vc ganhou um Ohrwurm?? :)

  3. Dani Bispo disse:

    Veja o clip da mesma música em Ingles. Foi feito em algum lugar tipi Angra dos Reis. Meninas bonitas do mesmo perfil dançando de biquíni em barcos. Apesar de ter bundas achei bonito e não achei vulgar. O problema é que isso é normal para gente. Fora do Brasil já nÃo sei…

    • brunahagemann disse:

      Cêjura que a versão em ingles é ‘tropical’? Ainda bem que ele não canta em alemão!! Mas olha, meus mais profundos sentimentos para quem vive em país de língua inglesa.

  4. vmsporn disse:

    Tb nao achei nada d+, tá nao é nenhuma música cult, oder, oder, é chiclete mesmo, mas é bom ver as pessoas aqui curtindo a nossa música, as coisas do Brasil na inocência, sem pornografia, nós brazucas em terra estranha ficamos felizinhas né, só nós sabemos como é morar fora e sentir falta do Brasil e das bobeiras da nossa terra, o pecado tá na cabeca das pessoas aff!

  5. Liza disse:

    Verdade Bruna, eu assisti outro dia (pela primeira e ultima vez) e tambem nao achei nada de mais. Mas deve ser um saco ouvir isso a cada minuto, ne nao?! Imagina so passar por perto da obra a caminho de casa e ouvir o pedreiro cantar isso pra vc?!?! kkkk

  6. Larissa disse:

    Já vi varias vezes este clipe e acho divertida a música, bem micareta mesmo.
    Descobri que o Michel Teló vai se apresentar em Zurique, e meu marido perguntou se eu queria ir, disse que nao. E ele disse que queria! Achei estranho e perguntei pq. Aí, ele me fala o seguinte:
    – Vi o clipe, só tem mulher no show dele!
    ah, se ele for…

  7. Patricia disse:

    O clipe eu nunca vi, mas a musica toca com frequencia na radio aberta aqui. Perguntei para o meu colega (que, ufa, nao entende a letra) e para ele eh soh mais uma musica, como as outras que tocam repetidamente. Hoje jah tocou (pelo menos uma vez) de manha, daqui a pouco eh hora da sessao de depois do almoco e antes de ir embora deve ter mais uma… E eu nem descobri ainda como se diz “jaba” em alemao…

  8. Poxa eu acho maior dançante, faço coreografia enquanto estou me acabando na limpeza… acho trendy.

  9. Menina Zucker disse:

    Graças ao CR essa musica ficou muito popular por estes lados…
    Mas a letra e o video… nem comento… :s
    E a versão em ingles….ai!! socorro!!!

  10. Flávia Maria disse:

    Bruuna,
    Tô fazendo intercambio na Irlanda e aqui o pessoal tá sempre colocando essa música. confesso, que já me irritei. tinha vezes que colocavam 3 vezes a música. aí já é demais! Maas hj, eu tô risada. nem sempre a melhor música o povo aqui fora fica conhecendo. então blz.
    Já visse o clipe em english!? foi gravado no cachadaço (porto belo) aí ao contrario do outro clipe. ele tá lá cantando e o povo bem no estilo verão cantando a música do seu iate. ahahaa O que eu penso msm, é o lado positivo de agora ter a música em english e eu não precisar ficar traduzindo para o povo aqui. hahaha
    E outra cooisita,
    tava no facebook, e eu trabalhei com o Prof. Everson Malluta. é teu parente!?
    é que achei o mundo muito pequeno msm! hahaha (;
    E qdo vi o teu comentário. falei para o namorado : “Aaaaah! a Bruna comentou no post do Prof. Everson.” hahaha
    Visito o teu blog, desde o ano passado. não comento muito. Desculpa! mas me divirto muito com os teus posts. bruna maria braga. escola. a vida na alemanha. o teu casamento. Demais!
    Me empolguei e escrevi demais…
    Beeeijos!

    • brunahagemann disse:

      Aaaah quanta informação num comentário só!!
      1) Jura que filmaram em Porto Belo? Era um paraíso…………….
      2) Everson é primo da minha mãe :-)
      3) Só te desculpo se você comentar maaaize! :D
      Beijos para você nessa ilha verde que amo tanto S2

  11. Paola disse:

    Quando encontro com qualquer latino eles já cantam essa musica. :) Cantam como se a musica fosse do pais deles!
    Bjos
    Paola

  12. Cássia disse:

    olha, eu nunca tinha pensado por esse lado, mas vc está certíssima! é a coisa menos pior que a gente exportou nos últimos 20 anos!

  13. Concordo com você. De certa forma, o ‘Ai se eu te pego’ é inofensivo quando comparado com algumas músicas e coreografias de axé, pagode e funk. Quando eu digo inofensivo, não me refiro ao conteúdo (não sou puritana, pls), mas à imagem que essas músicas levam do Brasil ao exterior.
    Isso me lembra um episódio de quando eu morava na Batatolândia (como diria a Ivana). Eu estava com a minha Gastfamilie numa festa de rua em Wiesbaden quando vi uma barraca de brasileiros que vendia caipirinha. Enquanto as bebidas eram preparadas e consumidas, dançarinas dançavam axé em cima do balcão. De certa forma, me senti constrangida, sabe? Eu sabia que quem me conhecia e sabia que eu era brasileira não nos via assim, mas e quem não conhece um ‘típico’ brasileiro? Sei lá, acho isso tão, de certa forma, constrangedor, mas pode ser encrenca da minha cabeça. kkk

  14. Gisley Scott disse:

    hahaha “a letra é do diabo”.
    Pelo menos ele não é como o cara da música Paprika. kkkkkk!!!

  15. Elda disse:

    Oi Bruna, eu sempre te visito por aqui, e nunca posto nada hshs, eu tinha um blog q sumiu derrepente e desisti de fazer outro, estive na Alemanha em setembro e posso te dizer que esse povo precisava de um “SACODE”, e o Michelzinho conseguiu levar um pouco de alegria pra essa gente, eu confesso q fico revoltada com nosso próprio preconceito a nossa cultura brasileira, somos felizes, coloridos e dançantes com sangue quente e nossa música digamos q seja um tanto…”desinibida” o que for bom vai pegar e o q não for… não vai chegar. Mas cá pra nós eu sempre achei esse cantor meio sem graça viu, ele deu sorte com essa música, foi isso tah…hihihi
    Não tem jeito, essa é a nossa identidade porque é disso que o povo gosta e é isso que o povo quer… seja ele europeu ou não, rsrsrs
    um abraço de Manaus ;-)

    • brunahagemann disse:

      Pois é, Elda, eu acho que o povo já foi ‘sacudido’ pela música KUDURO, que chegou em hora errada (fora do verão). Paciência pra aguentar o resto hehehe!!

      Mas ó, comenta mais tá? Jura pra mim? :-)

      Beijos!

  16. gi disse:

    Minha estréia por aqui.
    Adorei o post, foi exatamente desta forma que eu tentei explicar sobre o “fenômeno” (ui) Michel Teló à um amigo alemão. Sei não, se isso é o melhor que já foi exportado nos últimos tempos eu tenho até medo de saber de verdade qual foi o pior rs

  17. Helvia disse:

    Depois da sua colocacao, finalmente eu me rendi e fui no youtube procurar o tal do rapaz.
    Tao bonitinho, malícia de adolescente, tao sessao da tarde !!!!! kkkk
    Tive até saudades das noites de forró em Goiás.
    Musica boa para dancar ! eu fui ver os outros vídeos dele é tudo assim musiquinha com ritmo boa para dancar.
    É melhor que os vídeos do Kuduro aí a coisa fica pesada
    Bjs

  18. anni disse:

    se nao me engano o clipe dele foi gravado em curitiba (eu sou de curitiba), paradoxal pq as pessoas consideram os curitibanos frios mas a mulherada tava que tava animada no clip haha. eu to morando em taiwan agora e um amigo meu alemao veio me mostrar essa musica pq ele escutava direto aqui, achei bizarro…..
    enfim, beijooocas ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s