Aluga-se, só que ao contrário

Quando Herr e eu nos mudamos para Hamburgo, ele veio um mês antes. Para não ficar encostado em casa de parentes ou amigos, ele alugou um apartamento short term, para apenas este um mês. Neste inteirim, eu vim (eu estava em Dublin) dois finais de semana para procurarmos algo fixo.

Primeiro que achei bacana o tal do short term rent. Naquele apartamento moravam duas garotas que saíram de férias nesse mês e sublocaram o cafofo. Lembro que tinha absolutamente tudo delas ali, roupas, livros, comida, calçados. Muita, muita, muita coisa. Acho que uma delas era estudante de artes, então o que tinha de desenhos, livros, esboços e relatórios enormes pelo quarto. Como assim, alguém aluga seu espaço e deixa tudo à vista, como se tivesse ido só até a esquina? Que confiança, heim? Enfim.

Então fomos procurar apartamento. Enquanto estava em Dublin, Herr selecionou uns pela internet e fomos visitar.

Lembro do primeiro. Lá morava um alemão e uma vietnamita, que encontraram outro lugar para morar e estavam repassando o apê. Vimos o apê de 1 quarto de dormir (depois explico o porquê de ‘de dormir’) todo mobiliado, conversamos com eles e fomos embora. Pensei, bem, são donos do apê né. Mas não eram.

O segundo apartamento que visitamos: uma senhora solteira, do tipo que cria gatos. O apê era de dois quartos de dormir e bacaninha, mas quando fomos responder pra imobiliária dois dias depois, já não estava mais disponível. Vapt-vupt, se foi o apê.

Então fomos ao terceiro apartamento de um quarto de dormir, onde morava então uma simpática senhora. Ela estava saindo do apartamento para morar com o namorado, que mora na rua ao lado.  Este dia entramos no apartamento o Herr, meus sogros e eu. Lá dentro estavam a moradora e a proprietária. De repente começou a chegar gente. Além de nós, tinham mais 4 pessoas “vendo” o apartamento. E como das outras vezes, ainda com gente morando dentro. Ou seja, móveis e objetos pessoais. Tudo que não estará ali quando você se mudar.

Ok, uma das ‘visitantes’ não gostou do apartamento e foi embora. A proprietária foi conversar com os ‘candidatos’. O que você faz? – Nada, eu vivo com a ajuda de custo do governo. Então tchau. E você, o que você faz? Eu sou universitário. Não, tchau. E você (pro Herr)? aaahmm… eu trabalho numa empresa em Dublin e fui transferido pra cá (MENTSHEERA, aquele tal mês era o último dele como funcionário lá). Então a proprietária disse: ok, me envie essa semana suas últimas folhas de pagamento. O apê é seu.

Oi?

E assim estamos há mais de dois anos aqui no lar.

Aqui eu adoro ficar pesquisando moradia pela internet, ver fotos, preços, ver qualé do mercado. E claro, sempre que encontrar algo simpático, porque não ir visitar né? Afinal, só estou dando uma olhadjeenha :D E sempre assim são as visitas: eles abrem as portas um dia em certo horário e quem quiser ver, vem. Particularmente eu não gosto desta tática, eu prefiro à la Brasil, de deixar a carteira de identidade na imobiliária e sair de lá cheia de chaves e ir visitar sozinha.

Então numa dessas xeretagens online, eu encontrei – em maio – um apê de 3 quartos de dormir na esquina da minha rua aaah todasgritou! Seria tudo de bom, pois não queremos sair do bairro. Gostamos daqui. O problema é que precisamos de mais espaço. Enfim, fomos visitar. No apartamento estavam os moradores (um jovem casal com um bebê) e o proprietário. De ‘candidatos’, tinha um casal, um homem e nós dois. O Herr estava puxando muito o saco do proprietário (acho que é assim que deve funcionar aqui), o casal não estava dizendo nada (tímidos) e o homem sozinho medindo os cômodos.

A decisão de quem seria o escolhido não seria naquela hora. Ok, fomos embora. Ao sair do apê, Herr falou: nós somos os preferidos porque moramos aqui na mesma rua (que bairrismo…). O segundo preferido é o homem, porque ele é casado, tem um filho e a esposa tá grávida. O casal não tem chances.

Oi, de novo?

Batata. O proprietário nos ligou nos pedindo pra agilizar a papelada. Estávamos na correria do enforcamento casamento e o apê não tinha sacada (gostamos de sacadas :). Sem contar que não tinha garagem ali, a garagem opcional é a 200 metros do prédio. Aham, senta lá. Portanto, não aceitamos. Ok, um mês depois, vimos o homem e sua família fazendo a mudança pro apartamento.

Como assim é por prioridades que locam uma moradia?! E o que chegou primeiro – e tem como provar que pagará – não conta?!

O lado bom é que não precisa de fiador, registrar em cartório e essa cagada toda que temos no Brasil. O lado ruim é que geralmente deve-se pagar um depósito (um valor de seguraça que será devolvido quando deixares o apartamento) que é 3x o valor do aluguel, rá!

Então, eu ainda estou de butuca, espionando pelo bairro e acessando os sites de imobiliárias… quando encontrar algo, beleza!

Aqui na Alemanha quando contam os quartos, contam também a sala. Por exemplo, se uma casa tem 4 Zimmer (4 quartos), isso significa que tem 3 quartos de dormir e 1 sala. Ou 2 quartos de dormir e 2 salas. O que é ridículo, convenhamos.

Semana passada resolvi sair de casa pelo outro lado: o caminho mais longo para chegar na rua. Então eu vi janelas vazias *-* no meu prédio *-*. E pessoas reformando dentro *-* fiqueiaflita! Fiz o Herr falar com o Hausmeister (zelador) e ele confirmou que a mulher (ela é a proprietária) saiu do apartamento. Fizemos uma cartinha bem linda e perfumada e botamos na caixa de correio dela né, imagina que delícia se mudar pra porta ao lado? Outra hora eu conto sobre a mulher. Fofocas de prédio, okay?

Vamos fazer um círculo de oração, para Bruna se mudar para o apê maior ao lado? Não gostei dessa idéia moderna de ter o escritório dentro do quarto de dormir e tals nem ficar ouvindo alguém jogar videogame enquanto cozinho. Cansay.

Ficamos aqui na expectativa :-D

Anúncios
Esse post foi publicado em Brunices, Coisas da Alemanha. Bookmark o link permanente.

14 respostas para Aluga-se, só que ao contrário

  1. Ingrid Souza disse:

    No Braza tem muitos lugares que rola esse esquema de depósito, oque convenhamos é muito melhor que fiador, aqui rola esquema e de depósito e em alguns lugares vc ainda tem que comprovar que tem uma renda mensal 4, 5 vezes superior ao valor do aluguel, em outros lugares além do deposito, da renda, do contrato de trabalho (com mais de um ano), ainda tem que rolar afinidade com o proprietário e tals… isso eu acho uma bosta, sou pratica e seria mais feliz com o leva quem tem dinheiro e ponto.

    Vivo olhando os sites e oque tem de casa e apto encalhado, tem uns que tão lá no site há mais de seis meses, quer dizer, o nego é tão chato que prefere ficar uma casa fechada e tendo custo doque simplesmente alugar pra qualquer um que possa pagar.

    Oremos pra vc conseguir o apto da véia ai e pra eu conseguir algo por aqui também, chega de estudio, Pok precisa de um quarto e eu também hahahha.

    Beijocas

  2. Mel disse:

    Eu fiz deposito e precisei de fiador….. Hmpf, alemaes…

  3. Coca disse:

    Torcendo e retorcendo.
    Universoooo…conspira ahê!
    Adorei teu bairro e teu ap,aliás um ap lindo, organizado, cheio de detalhes aconchegantes, capricho puro!
    Mas realmente necessita um quarto a mais, principlamente para as visitas cof cof…
    Todos aqui estamos no círculo que já deu certo!

  4. karine smith disse:

    No Rio existe o depósito.
    Quem aluga meu ap optou pelo depósito a entrar com fiador….
    Esse lance de preferência tem lógica, e no brasil também se aplica, eu pude aceitar o não o perfil do meu inquilino…

    beijoooooo e mega boa sorte!

  5. Becca disse:

    Putz, o meu foi engraçado! Os vizinhos de rua sabiam que eu tava procurando ap maior, então, um sábado acordei e tava um bilhete com endereço de 1 ap e contato do proprietário. A moradora de um prédio vizinho viu e me escreveu. Fui lá e agradeci. Depois fui ver o prédio e tentar espiar o ap pelo lado de fora. Um morador do prédio nos viu e perguntou se estávamos interessados.
    Resultado: no domingo, 3 moradores do prédio já haviam ligado para a proprietária dizendo que haviam achado pessoas interessadas. Quando liguei para a proprietária, ela não falou em caução nem comprovante de renda nem nada! Perguntou para qual endereço enviava o contrato e a partir de quando eu queria que o mesmo iniciasse! Ou seja, os vizinhos que fizeram a propaganda hahahaha Beijo e boa sorte!

  6. liana disse:

    bah
    em poa eu tive q fazer esse deposito para conseguir um fiador ficticio.. pq nao podia ser ngm que nao tivesse imovel em poa.. ou seja.. me fu..

    paguei milão e bye bye.. sem chance de voltar a ver a cor do dim dim :(

    só achei bizarro o lance das prioridades ai.. kkk..

  7. Clarissa Paganini disse:

    viel glück :]

  8. simone disse:

    Bruce aqui quando eu ainda estava no Brasil passamos horas procurando apartamento para comprar pela internet. Depois de meses, encontramos, mas como ja éramos casados e eu estava aguardando meu visto lá, nao podíamos assinar contrato e o cara desistiu. Iwan teve que alugar as pressas porque ele estava de favor na casa de uma amigo que a esposa estava na china e eu estava chegando de mala e cuia. Nosso ap de bonitinho, mas ficou pequeno já, sorte que tem muitos pra alugar no bairro que notamos e eu adoro. Ano que vem vamos procurar outro, mas quebra as pernas 3 meses de depósito, tivemos que pagar assim na lata também.

  9. Cintia disse:

    BRUNA, alugar um apto bom, grande, conservado e de preço acessível em Estocolmo é tão difícil quanto acertar a Mega. Aqui existe “fila de espera”, que pode durar QUATRO anos. Os apartamentos fáceis de alugar são para menos de um ano, só temporário (geralmente no inverno) e os que visitei, eram muito estragados.

    Mas estou torcendo para você conseguir, viu? Sabe, esses dias você contou que estava meio indisposta, sem muita motivação, essa coisa de escurecer cedo, e tal… sabe, quando fiquei assim em 2009, passei na farmácia e deu positivo! hahahahahahha…

    Boa sorte (no apto)… :D

    Beijos

  10. Alice disse:

    Vibrações positivos!!!!! Vcs vão ficar com o apartamento!!!! Bjs

  11. Fabi disse:

    Cuidados com esses depositos `Kaution´ quando vcs mudarem, muitas vezes a pessoa pede pra vc deixar as chaves com o sindico vc deixa as 4 chaves que vc recebeu quando alugou o apartamento e o proprietario disse que só recebeu 3,(Tática pra pegar o dinheiro do deposito)
    e fora que é normal o apartamento passar por pequenas reformas tipo pintura e coisa tals a pessoa fabrica alguns defeitos pra incluir na reforma e discontar do kaution.

  12. Liza disse:

    Boa Sorte, Bruna!!!! x

  13. Ernani disse:

    3 meses é muito dindin de depósito. Aqui em Londres tem lugar que cobra um e meio e já me parece muito. Enfim… boa sorte. Pega um de 3 quartos pra poder hospedar os blogueiros… ;)
    bjo

  14. Pingback: Daqui prali « Brunalemanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s