Miniatur Wunderland

Marcelão foi embora, levou minha saúde, energia e reeducação alimentar hoho!! Mas de qualquer modo, como é bom rever amigos :-)

————————————–

Um mini-mundo em forma de maquete. Miniaturas de casas, transportes, monumentos, pontes, parques, animais, pessoas. As réplicas são pequenas mas a quantidade é feroz. Eu sempre gostei de maquetes, aquelas de edifíceis recém-construídos que exibiam em shoppings, sabe? Ficava olhando cada detalhe, pensando no material que foi usado, a paciência homérica do criador e a vontade súbita de brincar com os bonequinhos.

Pra quem não sabe, tem um Mini-mundo em Gramado-RS, o qual fui umas três vezes e é visita obrigatória em viagem pro sul. Além deste parque, eu nunca mais vi ou ouvir falar de nenhum. Até que… descobri um Mini-mundo hamburguer, iupi iupi iupi! O Miniatur Wunderland é um lugar que nunca se cansa de ir. Ainda mais que sempre estão em construção.

O Herr e eu em janeiro nos ‘Alpes Suíços’

Carol e eu em maio também nos ‘Alpes Suíços’

Marcelão e eu, em setembro, mais uma vez nos ‘Alpes Suíços’

Então. Frederik Braun e sua então namorada (hoje esposa) estavam visitando a cidade alpina de Zurique em julho de 2000. Passeando juntos pelas vielas do centro de Zurique, eles vieram através de uma loja um modelo ferroviário em miniatura, que relembrou a infância em Frederik.

Durante as horas seguintes, a idéia de realizar o sonho da infância deixado de lado tornou-se mais e mais madura. No mesmo dia, ele chamou seu irmão gêmeo Gerrit e o surpreendeu com as seguintes palavras: “Estamos à caminho da construção do maior modelo de ferrovias mundo”.

Gerrit, que é mais racional e cético, duvidou Frederik e não levou a idéia a sério demais. No entanto, depois de ter recebido cerca de seis convites insistentes de Frederik – o entusiasmado – apresentando novas idéias sobre este assunto, Gerrit percebeu que seu irmão estava falando verdade. Então, ele começou a pensar sobre o projeto de um ponto econômico e técnico (Raquel e a Rutinha).

O resultado foi que o projeto é tecnicamente exigente, o aspecto econômico é muito arriscado e de uma visão empreendedora louca – mas, ainda é possível. Gerrit então caiu nas graças da idéia da Rutinha do seu irmão. Os dois irmãos passaram os próximos dias intensamente idealizando o seu sonho, apesar de planejar bem detalhadamente ainda haviam muitas dúvidas e receios. Apenas alguns dias após pesquisarem a parada lá de Zurique, os dois tinham certeza que botariam a idéia pra ferver.

Apesar do nome significar algo como “Terra maravilhosa em miniatura”, no momento expõem miniaturas de Hamburg, vilas centrais da Alemanha, Alpes Suíços, Áustria, EUA, Escandinávia e Suíça. E como já disse, eles não param de trabalhar e estão montando coisinhas novas, surpresa :-D As salas onde encontram-se as miniaturas têm lâmpadas fluorescentes que alternam de cor e ‘vira noite’, a cada 20 minutos. Há botões que podemos apertar e então algo da área é movimentado (pessoas, trens etc)

Área total: 6.400 m², 7 cidades/países, 12.000 metros de trilhos de trens, 300.000 mini-lâmpadas, 5.500 carros, 215.000 árvores, 10.000,000 euros gastos para as construções. E até o ano de 2015 todos esses números praticamente duplicarão.

As salas em que as maquetes estão não têm placas indicando onde estamos… então não sei nomear todas as fotos. Ganhamos um mapa do local na entrada, mas mapa é a última coisa que queremos ver lá dentro :-P Aqui temos uma noção do tamanhico das coisicas:

A turma trabalhando pra deixar tudo funcionando… atenção na cerveja ali no canto esquerdo

Vamos ao descarrego das fotos e vídeos!! – favor ignorar meus comentários nos vídeos, hehe

Um grupo de punks sendo observado por freiras

Marcelão feliz feito criança

Bicando o churrasco da galera

Branca de Neve e os 7 anões

Ressaca

Las Vegas de dia

Vegas by night ;-)

Porto de Hamburg

Estádio do Hamburg. Hamburg x St. Pauli (ambos times hambúrgueres)

Um prédio ‘pegando fogo’, dá pra ver uma fumacinha fraca

Os Alpes pops

Podem não acreditar, mas aquele show era do Dj Bobo. Lembra? Pois, ele ainda faz sucesso aqui. Vergonha alheia detected:

Eita

Com paciência, tempo livre e calma, vê-se tudo em média de uma hora e meia. Mas pode ficar quanto tempo quiser (até eles fecharem, claro) e tem lanchonete dentro. Preço dos tickets: 10 euros para adulto, 7 euros para estudante. De criança não sei, nunca paguei pra uma. Grupos com mais de 15 pessoas rola desconto. Onde? Perto do Porto de Hamburg. Linha do trem U-Bahn 3, estação Baumwall. Cinco minutos andando de lá. Mais informações no site, também em inglês.

Preciso de uma desculpa pra ir lá novamente. Quem será a próxima visita?? :-D

Anúncios
Esse post foi publicado em Dicas de Hamburg. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Miniatur Wunderland

  1. Renan disse:

    Po, eu morei ai por 2 anos e nao visitei o miniatur wunderland rsss..wie peinlich!!! Quem sabe agora como turista eu n me sinta mais motivado rsss

  2. Cintia disse:

    Bruna: ADOREI! Ainda levo Beatriz aí! beijos

  3. cath disse:

    Adoro miniaturas, muito legal, o unico problema eh levar meu marido num lugar desses e pedir pra ele nao mexer nada hahahhaha Amei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s